E esse tal quarto Montessoriano?

Você tem filhos ou está esperando o seu primogênito? Então já deve, em algum momento, ter ouvido falar dos quartos montessorianos, não? Se você não está bem familiarizado com o método, mas gostaria de ter uma opção que fuja dos quartos tradicionais, dá só uma olhada…

O quarto montessoriano obedece às premissas de Maria Montessori (1870-1952), a italiana que revolucionou a educação quando propôs um forma de ensino que prioriza a autonomia e o desenvolvimento natural dos pequenos, seguindo o ritmo de cada criança. Para isso, o quarto deve ser montado para que a criança cresça com mais autonomia, independência, ao mesmo tempo em que se sente segura e livre.

E, para conseguir essa autonomia, alguns itens devem ser pensados. Em um quarto montessoriano, a cama é sempre baixa (muitas vezes apenas um colchão no chão), para que a criança possa sair dela e circular pelo ambiente sempre que quiser. Mesmo para os bebês. Por isso, esses quartos não possuem berços. Para evitar que o bebê role para fora da cama, enquanto dorme, o ideal é protegê-la com almofadas a seu redor.

Espelhos e outros elementos que estimulem experiências sensoriais (como tapetes) são muito bem vindos. Os espelhos devem ser fixados à parede em uma altura em que a criança possa se ver e reconhecer seus próprios movimentos. As barras fixadas à parede também ajudam a criança a se apoiar e ficar em pé. Estimulando seu desenvolvimento motor, e seu caminhar.

Todo o mobiliário deve ter também a altura da criança, e apenas o mobiliário estritamente necessário, o que for realmente funcional, deve estar presente neste ambiente. Os brinquedos também devem estar sempre ao alcance e devem ser poucos. Portanto, se seu filho tem muitos brinquedos, você pode ir guardando e fazendo um revezamento dos mesmos.

Nesse tipo de quarto vemos com frequência a presença de um cantinho de leitura, uma decoração minimalista e simples, e bastante lúdica, tudo pensado para estimular a criatividade dos pequenos.

Os quartos montessorianos, com toda a sua simplicidade e minimalismo, são apaixonantes e ganham cada vez mais adeptos. Contudo, se você gostou da ideia, mas seu estilo de vida está muito distante disso e você não consegue radicalizar e colocar todas essas premissas em prática, tente ir aos poucos, adaptando o estilo  à sua realidade.

Dê uma olhada na nossa galeria de fotos e inspire-se! 😉

 

Artigos relacionados

Como otimizar e decorar ambientes pequenos

Já notou que os apartamentos diminuíram? Provavelmente você já percebeu que as plantas de hoje...

Continue lendo

Já ouviu falar do Light in the box? O novo “Aliexpress da decoração” já é febre entre os sites de compras online…

Quer renovar a decoração da sua casa pagando pouco? Olha só que bacana a nossa dica de hoje. O...

Continue lendo

A influência da vizinhança na hora da escolha do imóvel

Quais os itens mais importantes na hora de buscar um imóvel? Tamanho? Preço?...

Continue lendo

Junte-se à discussão